Google+ Followers

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Poesia Angolana



Sol no muceque
Redonda lâmpada acesa
a amarela luz alastrando-se
por sobre o zinco das cubatas
Os fartos cabelos
das mulembeiras
raparigas cartando água
no chafariz
Meninos de barriga inchada
brincando com bola ou
tampas de garrafa

 (Poemas angolanos)
João Melo

Sem comentários: