Google+ Followers

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

As Pedras da sua Loca


Maria Bonita era bonita
Acompanhava o seu amado 
Nos lajeiros pelas estradas 
Maria Bonita não se conformava

Amélia era mulher de verdade
Passava fome de comida
Passava ferro e lavava
Amélia tinha sexo todo dia

Anayde Beiriz
Escandalizou a Paraíba
Como amante de João Dantas
Amor e pecado corriam juntos
Anayde Beiriz gozou e se envenenou

Zabé da Loca ainda chora
Às vivas recordações
Dos terreiros sem banheiros
Das pedras de sua loca
Zabé, ainda chora à falta de seu homem


Riso Maria Dersu / Brasil

Sem comentários: