Google+ Followers

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Entretanto em........PORTUGAL


Cartoon de Rui Pimentel

Cartoon

Elas permanecem...no Outono


Foto de Carla Freire

Acabou o Verão


Foto de Carla Freire

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

O SILÊNCIO


Estou ouvindo o silêncio
e ele me disse que você
já me disse que me adora
como adorar é mais que amar
eu vou te amar com toda a
adoração permitida em mim.



Riso Maria /BRASIL
Foto de Carla Freire /PORTUGAL

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Pablo Neruda


"Faço sempre o que não consigo fazer para aprender o que não sei"
(Pablo Neruda)
Foto de Carla Freire

Amigas.....e suas ARTES


Na Primavera...
serei sempre Maria !
O meu Outono...
Irei ver João
pra me lembrar
de Felipe
sem esquecer Joaquim
Hoje quero só Pedro.

E no Verão...
pegar Lula com a mão
Esperar chegar
o Inverno...
pra me aquecer em um
Casaco Negro de flor !

Riso Maria-Brasil
Foto de Carla Freire-Portugal

O Paraíso


O paraíso é aqui.
Do passeio do Turista.
Da cerveja gelada,
Do caminho do vento,
Da mesa na calçada.

O Brasil é logo ali:
Rua Bahia, Pará,
Rio Grande do sul,
Rio de Janeiro.
Não me tirem daqui.

O sorvete gostoso da esquina,
Na Cidadania uma boa canção,
Na rua, a bela menina,
O rapaz com o violão,
O encontro de amigos,
A paz do hippie.
A majestosa Nossa Senhora das Dores.
Por favor, não me tirem daqui.

A música na Concha,
O espaço vazio,
O menino do Skate,
O quiosque do Rubens,
A alegria do Tadeu,
O encontro de artistas.
Não me tirem daqui.

Não me tirem daqui
Da sombra das árvores,
Tem bem-te-vi me olhando,
Maritaca na palmeira reclamando
Curió no ipê branco,
Sabiá laranjeira voando
Tem Azaléia,
E petúnia florando.
O paraíso é aqui
Na Praça Padre Tavares.

Rubens Prata
Foto de Carla Freire

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Frases Soltas


Mas as coisas findas, muito mais que lindas, essas ficarão.
Drummond Andrade
Foto de Carla Freire

FOME


Cartoon de Ferreth

Charme


Apagar-me, diluir-me, desmanchar-me, até que depois de mim, de nós, de tudo, não reste mais que o charme.
Leminski

Foto de Carla Freire

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Metamorfose!...





Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses!...

Foto de Carla Freire

Joaninha


Foto de Marques Tavares

Saudades


Estou aqui,mas não é onde queria estar..
minha saudade me leva pra outro lugar..
flores que eu vi..
terra que eu pisei..
amores que vivi...
mares que eu atravessei..

Foto de Carla Freire

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Amigas.....e suas ARTES


O TEMPO

... Os minutos passam
E o tempo assim é tecido
Como uma grande renda
Cheia de detalhes;
Ora leves e de superfície;
Ora profundos e marcantes.
Os fios são o pensamento
Por onde tudo vai passando
Lenta ou rapidamente,
Como uma melodia mental
Regida pelas nossas idéias
E executada pelos nossos atos.

Poema de Márcia Guedes -Brasil

Foto de Carla Freire - Portugal

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

No meu Jardim




Fotos de Carla Freire

Os Amigos


Os Amigos

no regresso encontrei aqueles
que haviam estendido o sedento corpo
sobre infindáveis areias

tinham os gestos lentos das feras amansadas
e o mar iluminava-lhes as máscaras
esculpidas pelo dedo errante da noite

prendiam sóis nos cabelos entrançados
lentamente
moldavam o rosto lívido como um osso
mas estavam vivos quando lhes toquei
depois
a solidão transformou-os de novo em dor
e nenhum quis pernoitar na respiração
do lume

ofereci-lhes mel e ensinei-os a escutar
a flor que murcha no estremecer da luz
levei-os comigo
até onde o perfume insensato de um poema
os transmudou em remota e resignada ausência

*Al Berto - 'Sete Poemas do Regresso de Lázaro'
Foto de Carla Freire

domingo, 13 de setembro de 2009

Convite


CONVITE

Não sou a areia
onde se desenha um par de asas
ou grades diante de uma janela.
Não sou apenas a pedra que rola
nas marés do mundo,
em cada praia renascendo outra.
Sou a orelha encostada na concha
da vida, sou construção e desmoronamento,
servo e senhor, e sou
mistério

A quatro mãos escrevemos este roteiro
para o palco de meu tempo:
o meu destino e eu.
Nem sempre estamos afinados,
nem sempre nos levamos
a sério.

Lya Luft

Foto de Carla Freire

Simplicidade, Felicidade


Guilherme de Almeida

Simplicidade...simplicidade...
Ser como as rosas, o céu sem fim,
a árvore, o rio...Por que não há de ser toda gente assim?

Ser como as rosas...bocas vermelhas
que não disseram nunca a ninguém
que tem perfumes...Mas as abelhas
e os homens sabem o que elas têm!

Ser como o espaço, que é azul de longe,
de perto é nada...Mas quem o vê
- árvores, aves, olhos de monge... -
busca-o sem mesmo saber por quê.

Ser como o rio cheio de graça,
que move o moinho, dá vida ao lar,
fecunda as terras...E rindo, passa,
despretencioso, sempre a cantar.

Ou ser como a árvore: aos lavradores
dá lenha e fruto, dá sombra e paz:
dá ninho às aves; ao inseto, flores...
Mas nada sabe do bem que faz.

Felicidade - sonho sombrio!
Feliz é o simples que sabe ser
como o ar, as rosas, a árvore, o rio:
simples, mas simples sem o saber!

Foto: Carla Freire

Há Lugares....ASSIM


Foto de Hélder Freitas
Açores

Se por acaso


Alice Ruiz

Se por acaso
a gente se cruzasse
ia ser um caso sério
você ia rir até amanhecer
eu ia ir até acontecer
de dia um improviso
de noite uma farra
a gente ia viver
com garra.


Eu ia tirar de ouvido
todos os sentidos
ia ser tão divertido
tocar um solo em dueto


Ia ser um riso
ia ser um gozo
ia ser todo dia
a mesma folia
até deixar de ser poesia
e virar tédio
e nem o meu melhor vestido
era remédio.


Daí vá ficando por aí
eu vou ficando por aqui
evitando
desviando
sempre pensando
se por acaso
a gente se cruzasse...

Fotografia de Carla Freire

Quando as crianças brincam



Fernando Pessoa


Quando as crianças brincam
E eu as oiço brincar,
Qualquer coisa em minha alma
Começa a se alegrar.

E toda aquela infância
Que não tive me vem,
Numa onda de alegria
Que não foi de ninguém.

Se quem fui é enigma,
E quem serei visão,
Quem sou ao menos sinta
Isto no coração.

Fotografia d Carla Freire

sábado, 12 de setembro de 2009

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Dia Mundial da Fotografia é tema de sessão na CMJP


Dia Mundial da Fotografia é tema de sessão na CMJP

Hoje,sexta-feira (11), a partir das 15h, a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) promove a Sessão Especial alusiva ao Dia Mundial da Fotografia. A partir da iniciativa da vereadora Sandra Marrocos (PSB), a Sessão tem como principal finalidade promover o reconhecimento e a valorização de uma das formas de expressão artística mais presentes no contexto cultural contemporâneo.

Segundo a vereadora, "a Sessão Especial é uma forma de reconhecer e homenagear fotógrafos e fotógrafas, que ao longo da história contribuíram com a construção do cenário fotográfico paraibano". Adiante, a parlamentar enfatizou. "Nosso mandato busca facilitar o debate sobre a política cultural voltada para a fotografia, de modo a orientar a construção de novos projetos de lei que promovam a valorização desta arte centenária".

Fórum - O lançamento do Fórum da Fotografia Paraibana é um dos pontos altos da Sessão Especial, onde será divulgada uma carta de intenções com propostas e reivindicações que visam orientar o debate sobre a temática. A expectativa é de que fotógrafos e sociedade construam um espaço permanente de debate, pautando as políticas culturais voltadas ao desenvolvimento da fotografia em João Pessoa e na Paraíba. A criação do Fórum é uma iniciativa da própria categoria, que ao longo dos últimos meses vem organizando reuniões e debates para a elaboração deste espaço de diálogos.

Homenagens - Pela primeira vez a Comenda Cultural Ariano Suassuna é destinada a um profissional da fotografia. A honraria será entregue ao fotógrafo paraibano Ricardo Peixoto, através de iniciativa do Gabinete da vereadora Sandra Marrocos. O homenageado será reconhecido pelo sólido trabalho desenvolvido ao longo de 20 anos de carreira e também por seus serviços prestados a fotografia paraibana, que envolve produção de eventos e promoção de trabalhos de outros fotógrafos.

Troféu Lambe-Lambe – Numa parceria firmada entre a Agência Ensaio e o Mandato Popular, mais de 40 profissionais serão agraciados com o Troféu Lambe-Lambe, que há 15 anos é a maior premiação da fotografia paraibana. Entre os homenageados estão fotojornalistas, fotógrafos documentais, sociais, publicitários e fotógrafos lambes-lambes, que ainda exercem o ofício nas praças de João Pessoa.

Homenageados do Troféu Lambe-Lambe

1. Altair Castro
2. Aluíso Nunes
3. Antonio Augusto Fontes
4. Antonio David
5. Arion Farias
6. Augusto Pessoa
7. Aurílio Santos
8. Averaldo Gomes Rodrigues
9. Bertrand Lira
10. Cácio Murilo
11. Chico Mineiro
12. Cícero Silvestre
13. Clara Lenira
14. Córdula
15. Edgley Delgado
16. Ednaldo Santana
17. Fernando Ferreira da Silva
18. Gabriel Bechara
19. Germana Bronzeado
20. Gilberto Stuckert Filho
21. Gustavo Moura
22. Hudson Azevedo
23. Ivomar Gomes Pereira - Mazinho
24. João Lobo
25. Francisco de Assis Medeiros Fernandes
26. Julio Fausto dos Santos
27. Lenilson Carlos Gomes da Silva
28. Machado Bittencourt (In Memoriam)
29. Mano de Carvalho
30. Manoel Antonio Batista Filho
31. Manuel Clemente
32. Marcos Veloso (In Memoriam)
33. Mauro Guilherme Pinheiro Koury
34. Mônica Câmara
35. Olenildo do Nascimeno de Lima
36. Ovídio
37. Ricardo Jorge
38. Rino Visani (In Memoriam)
39. Roberto Cora
40. Rocha
41. Romualdo Luiz
42. Walter Carvalho
Nesta lista estão alguns amigos pessoais,Parabéns a todos...... e a eles em especial.
E a Ricardo Peixoto,um dos maiores fotógrafos da Paraíba e amigo querido...um abraço muito Especial

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

E a LUA....nasceu


"Via Láctea" - Olavo Bilac

"Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso"! E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las, muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto...

E conversamos toda a noite, enquanto
A via láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.

Direis agora! "Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem, quando estão contigo?"

E eu vos direi: "Amai para entendê-las:
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas".


Foto de Carla Freire

Reflexão sobre a Reflexão




Millôr Fernandes

Terrível é o pensar.

Eu penso tanto

E me canso tanto com meu pensamento

Que às vezes penso em não pensar jamais.

Mas isto requer ser bem pensado

Pois se penso demais

Acabo despensando tudo que pensava antes

E se não penso

Fico pensando nisso o tempo todo.

Fotografia de Carla Freire

sábado, 5 de setembro de 2009

Cachoeira


Uma estrela brilhava lá no céu,
E seus raios brilhava de um a um,
Iluminando esta Mata Virgem,
A cachoeira de Mamãe Oxum.
Fotografia de Carla Freire

PORTUGAL....entre Douro e Vouga


Cascata de Cabreia
Silva Escura-Sever do Vouga
Foto de Carla Freire

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

TICO


Não tem como não se apaixonar
Foto de Carla Freire

em LISBOA


na Rua Augusta....em Lisboa

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Entretanto....no Jardim


Foto de Carla Freire

Filhote


Quem Resiste?
Foto de Carla Freire

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Doce de Amoras Silvestres



Doce de Amoras Silvestres

Ingredientes:
- 1 kl Amoras silvestres
- 800 g de Açúcar
- 1 Limão

Preparação:
Lave muito bem as amoras. De seguida, coloque numa panela o sumo do limão e 800 g de Amoras. Vá adicionando o açúcar e reserve as restantes 200 g de Amoras. Vá mexendo para não queimar e ao mesmo tempo vá esborachando as Amoras no tacho.. Pode-se triturar com a varinha mágica caso prefira disfarçar as sementes das amoras. Após obter um aspecto consistente tipo mel adicione as restantes amoras e vá mexendo com cuidado para não desfazer estas. Tenha cuidado para deixar demasiado tempo ao lume ou o doce ficará tipo caramelo.

DICIONOVÁRIO


DICIONOVÁRIO (palavras que precisam ser inventadas):


REALÇÃO - Oposição ao monarca.

BARCILO - Bactéria encontrada no bar.

CÔNEGRO - Eclesiástico de cor.

TATATATATATARAVÔ - O antepassado do gago.

INAUGORAÇÃO - Estréia que não houve.

VILTÓRIA - Vencer uma luta mesquinha.

SERVANTE - Servente com mania de ler o Dom Quixote.

CEDOÇÃO - Atrair sensualmente às primeiras horas do dia.

BOICEJO - Demonstração de tédio por parte do marido de dona vaca.

CENSOALIDADE - Estatística da volúpia.

"Antigamente os animais falavam. Hoje escrevem."

Millôr Fernandes
Textos extraídos de páginas diversas do livro "10 em humor" que foi lançado pela Editora Expressão e Cultura em dezembro de 1968. Nele, além dos trabalhos do autor, estão também textos e charges de Leon Eliachar, Stanislaw Ponte Preta, Fortuna, Ziraldo, Jaguar, Claudius, Zélio, Henfil e Vagn, prefaciados por Carlinhos de Oliveira.
Fotografia de Carla Freire

Tentações


Não devemos resisitir às tentações: elas podem não voltar.

Millôr Fernandes
Fotografia de Carla Freire

O AMOR


"O meu amor não tem
importância nenhuma.
Não tem o peso nem
de uma rosa de espuma!

Desfolha-se por quem?
Para quem se perfuma?
O meu amor não tem
importância nenhuma."

Cecília Meireles

Fotografia de Carla Freire