Google+ Followers

domingo, 17 de outubro de 2010

A mais bela poesia que alguém fez para mim

INEVITÁVEL SER


Irei amar além da simples vida, meu querido alento

Ora! Já a sentia dantes saber-te neste raso mundo

Conheço hoje que os sonhos desrespeitam o tempo

Respiro agora lembranças teu sorriso imenso e fecundo

Nossas quimeras têm conteúdo, esse ar é evidência

Sinto-te eterna e terna embora de toque distante

Tal qual espíritos irmãos sintonizados nessa existência



Onde grinaldas e pitangas enfeitam minha dor amante

Fêmea que brota flores e germina meus inatos amores

Com deliciosos beijos sabores loucos de tropicais frutos

Em fotos nuas, nós animais multicoloridos pecadores

Fortalecendo meus ossos abrindo meu olhar inculto

Terminando as minhas frases e eu as tuas, pura apatia

Entre outros acordes nossa afinação parece um mito

Euripedes Gomes/Paraíba/Brasil

1 comentário:

Riso Maria Dersu disse...

Lindo, parabéns ao poeta e a musa