Google+ Followers

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Poesia



Escondido em ti curo minhas feridas

mil vezes e tantas
Logo, breve, são, estarei na estrada
Contigo certamente
Debaixo dos abraços que tenho
Para descarregar em tua presença
carne do meu coração
Em mim aqui dentro
Então serei teu esconderijo
Ou mais até
Eterno e ternamente sempre teu
Por enquanto 
Que sejamos felizes agora, já!



Eurípedes Gomes/João Pessoa
Foto de Carla Freire/João Pessoa

1 comentário:

Riso Maria Dersu disse...

Este poeta é ótimo.

Riso Maria Dersu