Google+ Followers

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Penas D'um Tiê



Eu não vivo sem amor, não
Não gosto sem você
quero um amor bonito
da cor das penas d'um tiê 
que se pareçam com você

Quero um amor gostoso, macaxeira
quero a menina brejeira, cafuné
a soberba poesia, patativa do assaré...

No embalo da rede, o descanso
depois da praia, o remanso, a cascata
quero o adentrar da mata
numa cabana eu e você

by Janilton Gil

Sem comentários: