Google+ Followers

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Folha

Luiz Esperantivo

Sou uma folha

Assim como a folha
Que vaga sem direção
Levada pelo vento
Voando na imensidão.

É assim que me sinto
A cada amanhecer
O vento é minha alma
A folha meu sofrer.

Porém neste planeta
De meu interior
Vou semeando carinho
E cultivando o amor.

Sou uma folha seca
Que vive solta no ar
Não faço mais fotossíntese
Não posso a planta voltar.

Sem comentários: